Saiba como cuidar de sua saúde, mente e corpo!

7 Super Benefícios do Adoçante Stevia

Você já ouviu falar nos benefícios do adoçante stevia? Não? Então acompanhe agora no Compartilhe Saúde uma matéria sobre esse tipo de adoçante natural que pouca gente conhece!

O que é Stevia

A stevia é uma planta da família das margaridas, uma de suas características é um gosto peculiarmente doce. Ela já era utilizada pelos índios, devido suas propriedades medicinais, e também como adoçante para comidas, eles a chamavam de “folha de mel” e ”erva de mel”. A stevia é uma planta que tem uma extraordinária capacidade adoçante. Em pesquisas feitas com a stevia descobriu-se que em sua composição natural a stevia chega a ser de dez a quinze vezes mais doce que o açúcar doméstico. Já em sua forma mais comum de pó branco, extraído das folhas da planta, chega a ser de 70 a 400 vezes mais doce que o adoçante natural que conhecemos.

Benefícios  do Adoçante Stevia:

  •  Não causa diabete
  •  Não contém calorias
  •  Não altera o nível de açúcar no sangue
  •  Não é tóxica
  •  Inibe a formação da placa e da cárie dental
  •  Não contém ingredientes artificiais
  •  Pode ser usada na culinária, chá, chimarrão, tereré, etc.

  No Japão e no Brasil a stevia é utilizada como complemento alimentar e substituto de açúcar. Há quase 20 anos, milhões de consumidores japoneses e brasileiros utilizam a stevia como um adoçante natural, não calórico e sem perigo. O Japão é o maior consumidor das folhas e de extrato de stevia do mundo e ela é utilizada para adoçar numerosos produtos, do molho de soja aos picles, doces e refrigerantes. Atualmente a stevia tem sido usada também como adoçante natural.

O Adoçante Stevia

Estudos realizados com a stevia mostraram que nosso corpo não digere, nem metaboliza este glicosídeo intensamente doce. Isto quer dizer que ele não se modifica durante a passagem dos alimentos no intestino. Com isso, não obtemos calorias da stevia, possuindo assim um índice glicêmico igual a zero.

As folhas de stevia são altamente nutritivas, contendo vários nutrientes deficientes na alimentação diária, entre eles: Sais minerais como:  Alumínio, Cálcio, Cromo, Cobalto, Flúor, Ferro, Magnésio, Manganês, Fósforo, Potássio, Selênio, Sódio, Estanho, Zinco;

Vitaminas como: Ácido ascórbico (vitamina C), Beta-caroteno (precursor vitamina A), Niacina, Riboflavina, Tiamina (vitaminas do complexo B); Apesar de alguns destes nutrientes talvez não estarem presentes em quantidades suficientes para produzir o efeito terapêutico sozinho, em conjunto, podem produzir efeitos interessantes.

Contra indicação:

  • Algumas fontes desaconselham a stevia a mulheres grávidas ou em lactação.
  •  As pessoas que sofram de diabetes de tipo 2 e desejem utilizar a stevia devem pedir conselhos a um médico e verificar suas taxas de glicose sanguínea mais frequentemente, a fim de ajustar, se necessário, sua medicação. Da mesma forma, pessoas que sofram de hipotensão e as que estão em tratamento de hipotensão devem evitar consumir grandes quantidades de stevia e verificar regularmente sua pressão sanguínea.
  •  A stevia poderá provocar alergias às pessoas alérgicas às plantas da família das asteraceae (margarida, dente-de-leão, crisântemo, etc).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *