Saiba como cuidar de sua saúde, mente e corpo!
Coenzima Q10 – O que é? Para que Serve? Benefícios e Contraindicações

Coenzima Q10 – O que é? Para que Serve? Benefícios e Contraindicações

Suplementos

A coenzima Q10 também é chamada de ” Ubiquinona”, é uma substância produzida pelo organismo naturalmente, todavia, após a terceira década de vida, ela começa a diminuir. Entretanto, a suplementação pode ser sugerida para qualquer idade, especialmente se o médico detectar a necessidade de um aporte maior da enzima.

Alguns alimentos contêm esse componente, só que em mínimas quantidades, como por exemplo: Peixes, carnes, aves, nozes, espinafre, brócolis, abacate, folhas verdes escuras, pistache e na soja.

Para garantir o aporte saudável da coenzima Q10, o único recurso tem sido a suplementação, onde é melhor absorvida juntamente com alimentos ricos em gordura boa.

Depois de ingerida e absorvida, a coenzima Q10 é levada para o fígado, onde fica junto com as lipoproteínas e concentrada nos tecidos. Além do fígado, órgãos onde podem ser encontrados uma quantidade maior dessa substância são: Rins, cérebro e coração.

Para que Serve a Coenzima Q10?

A substância funciona como um completo antioxidante que protege as células do organismo dos radicais livres, além disso, ajuda na produção da energia celular.

Os radicais livres são moléculas instáveis que podem se associar a outras moléculas de carga positiva, com isso, tendem a oxidar e danificar as células sadias no organismo. É justamente para isso que existem enzimas reparadoras dos danos causados pela oxidação, desse modo, é possível controlar os níveis desses radicais livres produzidos pelo organismo.

A coenzima Q10 é essencial para esse processo de funcionamento de todas as células. É uma substância muito usada desde a década de 70 para favorecer a boa saúde geral das pessoas e também dos praticantes de atividade física, portadores de doenças cardíacas, distrofia muscular e cancro.

Benefícios da Coenzima Q10

Estima-se que a maioria da população mundial possui deficiência de Coenzima Q10 no organismo, com exceção, daquelas que fazem a suplementação. O fato é que a falta dela, pode gerar vários problemas de saúde.

A indústria cosmética já percebeu os benefícios da coenzima Q10 para reduzir a profundidade das rugas, pois ela age através da penetração nas camadas de células vivas da pele e promove a rotação das células epiteliais resultando em uma aparência mais jovial e renovada.

A coenzima Q10 tem sido apontada como um grande diferencial em diversas ações para combater e tratar doenças. Além disso, favorece a saúde em um âmbito geral, confira:

  • Atua na prevenção de doenças como Parkinson e Alzheimer;
  • Auxilia na regeneração das vitaminas C e E;
  • Aumenta a capacidade de utilização do oxigênio no organismo, fator que favorece as atividades aeróbicas, por isso, é muito usada por atletas;
  • Ajuda no controle da pressão arterial;
  • Auxilia no tratamento de enxaquecas;
  • Ajuda portadores de insuficiência cardíaca, pois mantém os batimentos cardíacos em uma frequência saudável;
  • Reduz o mau colesterol (LDL);
  • Aumenta a imunidade;
  • Combate o envelhecimento precoce;
  • Auxilia no tratamento de fibromialgia reduzindo os sintomas causados pela doença;
  • Reduz a fadiga muscular;
  • É uma grande aliada no processo de emagrecimento;
  • Faz bem para a pele e os cabelos;
  • Aumenta a fertilidade masculina, pois melhora a mobilidade dos espermatozóides;

De acordo com os especialistas, a coenzima Q10 tem sido usada para aumentar a qualidade de vida de portadores de mal de Parkinson, insuficiência cardíaca e outras doenças no coração.

Quais São as Contraindicações da Coenzima Q10?

Embora benéfico para a saúde, é importante buscar orientação médica antes de suplementar, especialmente nos seguintes casos:

  • Portadores de diabetes;
  • Grávidas e lactantes;
  • Pessoas que possuem dificuldades para dormir;
  • Pacientes que sofrem de insuficiência cardíaca ou outra desordem na frequência dos batimentos;

É importante salientar que o consumo exagerado da coenzima Q 10 pode causar toxidade ao fígado. De acordo, com os especialistas, a dosagem diária jamais pode ultrapassar 300 mg. 

Somente um médico pode definir a quantidade ideal e o tempo de uso para cada caso.

Durante o consumo de coenzima Q10, podem ocorrer diarreia, dores de estômago, tonturas, sensação de desmaio e também, reação alérgica a substância.

Apesar da quantidade de 100 mg ser considerada segura, é importante procurar orientação médica para começar a suplementar com a coenzima Q10.

Colaboração: Riberus (https://www.riberus.com.br)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *